Os 8 restaurantes preferidos de 2018

Os 8 restaurantes preferidos de 2018? Não é fácil a escolha, pois temos assistido à abertura de vários espaços e muitos com uma boa carta. Vamos salientar estes oito, clique no nome do restaurante para saber mais:

Se existe um céu para os mariscos é certamente no O Mariscador em Lisboa. Céu para eles e para os seus apreciadores. Como nós que fomos experimentar a gastronomia e o serviço do espaço.

Recomendação máxima para quem gosta de vários tipos de marisco, alguns de rio e muitos de mar. Percebes, búzios, ostras de várias proveniências (ria formosa e sado), mexilhões, gambas e mini-gambas estaladiças. Aqui encontramos uma variedades deles. Todos que experimentámos, eram frescos e super-deliciosos.

Quando se pensava que as surpresas em Lisboa tinham acabado. Da nossa parte, tivemos uma boa surpresa envolvida em glamour e música ao estilo de um bom cabaret. Fomos introduzidos como se estivéssemos no período da lei seca dos EUA, por uma passagem secreta, pela mão de um eficaz mestre de cerimónias. O Beco Cabaret Gourmet revela-se como a melhor experiência do grupo Avillez.

Localizado no Bairro do Avillez, atrás da dita passagem escondida, este local sofisticado e envolto em mistério, inspirado nos clubes dos anos 20 e dos anos 50, que só abre portas ao fim do dia e, para o jantar-espectáculo, entra apenas quem tiver bilhete.

Quando surge uma boa aposta na Baixa de Lisboa, ficamos contentes, pois, no meio de tanta oferta menor em qualidade e em aparência, existe quem trate bem a herança conserveira portuguesa.

A ‘Loja das Conservas’, um projecto da ANICP – Associação Nacional da Indústria Conserveira Portuguesa, anuncia a criação de dois restaurantes em duas zonas privilegiadas da Baixa Lisboeta: no número 83 da Rua da Assunção e no 130 da Rua do Arsenal. Os dois espaços, que complementam a experiência da ‘Loja das Conservas’ à cozinha tradicional portuguesa, acolhem um ensaio gastronómico pioneiro em que toda a carta é desenhada com o produto das conservas de peixe portuguesas como ingrediente central.

Bom peixe em Lisboa? voltamos à prática do Chef Vítor Hugo com quem nos cruzámos na espumantaria. Em plena rua do alecrim, agora centro de boa gastronomia, a nova carta Peixola, agora com assinatura do Chef, introduz uma combinação de pratos inovadores que evidenciam a simplicidade e riqueza dos próprios ingredientes, aqui reinventados pelas suas mãos e sob a influência das diferentes cozinhas do mundo.

Ficámos surpresos com vários pratos “Gravlax de salmão com zimbro e molho de endro”, “Ostras com maracujá e espuma do mar”, “Sopa fria de clorofila de espinafres com garoupa marinada e pó de avelã” ou “Taco de polvo com molho de caril vermelho e coentros”  que são apenas algumas das sugestões desta nova carta.

Um verdadeiro segredo, uma taberna japonesa em Lisboa. Como os melhores segredos, o Izakaya Tokkuri fica numa travessa, a meio da escadaria, escondido entre a vizinhança. A lanterna vermelha (akachochin) pendurada à porta indica que esta é uma taberna japonesa. Não espere um local espaçoso de design moderno, o Izakaya Tokkuri quer recriar o ambiente genuíno, logo, quer-se apertado e barulhento, como são todas as tabernas, com um balcão corrido onde desfilam os pratos e três salas privadas com almofadas e mesas baixas para se sentar como manda a tradição. As duas mesas na esplanada tiram partido do clima ameno de Lisboa.

Praia da Princesa. O espaço pertence a seis sócios franceses, todos a viver em Portugal há algum tempo, que encontraram no Praia da Princesa a oportunidade de criar um negócio à sua semelhança: descontraído e despretensioso; um sítio onde todos podem desfrutar sem o stress habitual, que contou com o apoio de Mónica Penaguião, da Poeira Design, para criar o ambiente pretendido.

Quem visita o Praia da Princesa encontra um espaço versátil com vários tipos de serviços, um bar principal e um bar de apoio, serviço de esplanada e lounge, serviço de colmos no areal e, claro, restauração.

Muitos são os motivos que nos levam a um restaurante! Seja um bom atendimento, um local aprazível ou uma ementa bem preparada. Tudo isto vamos encontrar no GEOGRAPHIA, e mais ainda, uma viagem através da história, da geografia e do sentir de povos que foram sendo alcançados pela vida do povo português.

O nome GEOGRAPHIA, com a grafia antiga pretende levar os clientes num regresso à época em que Portugal estabelecia relações diplomáticas, económicas, políticas, sociais e comerciais pelos quatro cantos do mundo.

O Fiammetta Lisboa, restaurante italiano que abriu em Dezembro de 2017, recebeu a distinção ECCELENZE ITALIANE recomended business 2018, que distingue os melhores restaurantes e negócios alimentares italianos, no estrangeiro.

Atribuído pela Associação Eccelenze Italiane, esta distinção visa proteger e difundir as marcas italianas e garantir o respeito pelos standarts de qualidade dos produtos Made in Italy. Localizado em Campo de Ourique, o Fiammetta Lisboa, representa o primeiro passo de internacionalização da casa mãe fundada em Roma, em 1944, tendo estes anos sido uma referência da boa e tradicional cozinha italiana. O Fiammetta Lisboa é constituído por um restaurante liderado pelo jovem e talentoso Chef Italiano Armando Capocci, em paralelo com uma mercearia que oferece os melhores produtos alimentares e bebidas (queijos, charcutaria, azeites, vinhos etc… ) de origem D.O.C. italiana.

Para Ludovica Rocchi, fundadora do Fiammetta Lisboa “esta distinção, a atingir um ano de abertura, é um reconhecimento muito importante do árduo trabalho e da difusão da original gastronomia italiana, mas acima de tudo, uma responsabilidade e um compromisso para o futuro do Fiammetta Lisboa em continuar um caminho de trabalho,  humildade e de dedicação, para atingirmos a maior satisfação dos nossos clientes. “