Vinho português ganha Prémio de Design

O vinho Monte da Peceguina tinto 2016, com rótulo especial fruto da colaboração com o projecto Manicómio, ganhou o Prémio de Design na categoria packaging pela Communication Arts. O rótulo é da autoria da artista Anabela Soares.

A Herdade da Malhadinha Nova ofereceu 1000 garrafas magnum de Monte da Peceguina Tinto e 500 garrafas de Monte da Peceguina Branco ao Manicómio e as vendas revertem a favor do projecto.

 

O Prémio de Design da Communication Arts (CA) foi anunciado este mês e é o primeiro galardão internacional do projecto MANICÓMIO. Os anuários da CA são uma das maiores referências mundiais na área do design e comunicação de produto, premiando áreas como design, publicidade, ilustração ou tipografia.  Produzido em 2018, a identidade e branding do vinho “Sou Calor Frio”, da linha Monte da Peceguina produzido pela Herdade Malhadinha Nova, foi totalmente pensada pelo projecto MANICÓMIO com arte de Anabela Soares, artista e ceramista, tanto para a versão tinto como branco em garrafas magnum.

O vinho desta garrafa premiada tem, segundo o enólogo residente da Malhadinha Nova, Nuno Gonzalez, um “nariz de boa intensidade, aroma dominado por uma mão cheia de fruta madura, bem limpa e com uma ligeira inquietude inicial. Travo a especiarias com leve toque vegetal, alcaçuz, chocolate preto. Boca bem estruturada onde a fruta, muito limpa e bem ácida, toma lugar de destaque, com grande vivacidade e bem vincada”. 

Rita Andrade Soares, da HERDADE DA MALHADINHA NOVA, fala desta colaboração: O vinho produzido na Herdade da Malhadinha “Sou calor frio” expressa a nossa admiração pelo trabalho notável e a criatividade deste projecto. Seguir e apoiar o desenvolvimento de um projecto artístico e social tão interessante que vimos nascer é um enorme privilégio.”

 

Sandro Resende, director artístico do MANICÓMIO, está feliz pelo reconhecimento fora de Portugal e também por ver arte a ser usada e valorizada em produtos comerciais: “Este prémio é a nossa primeira conquista internacional, mas, mais importante, é um marco da qualidade artística aplicada em suportes de produto (rótulo) e o nosso design como referência estética. Todos os suportes podem ser transformados de uma forma digna. Esta manipulação (permitida) realça a qualidade dos criativos, do seu lado estético e hábil.”

A entrada neste concurso internacional faz parte da estratégia de internacionalização do projecto MANICÓMIO. É também a entrada oficial no mercado de design, branding e comunicação, com apoio do director criativo Alex Pataca, da Form Studio Lisbon. O anuário de Design da Communication Arts de 2020 teve 2,947 candidaturas e foram seleccionadas 126 entradas. A categoria de packaging teve 14 vencedores, entre eles o vinho “Sou Calor Frio”.

A lista de vencedores estará na edição de Setembro / Outubro da CA, disponível em edição impressa e digital.

 

SOBRE O MANICÓMIO

O Manicómio é o primeiro espaço de criação de Arte em Portugal que conjuga a criação e a aproximação dos artistas residentes que experienciaram ou experienciam doença mental ao público, num único espaço de inovação e criatividade.

 

SOBRE A ARTISTA

Anabela Soares nasceu em 1969 na Anadia. Começou no atelier de arte do Centro Hospitalar de Psiquiatria de Lisboa em 2013. Integrou as exposições colectivas “Deslocado” (2015), “Entrevista” (2016) com Emir Kusturica, no Pavilhão 31, “Insubordinar” (2019) no Espaço Fidelidade Chiado8 Arte Contemporânea e “Incómodo” (2020) no Museu Municipal de Faro. Teve a sua primeira exposição individual “Os Monstros” na Casa Família Oliveira Guimarães, em Penela (2019), seguida de “O dia em que perdi o pé” (2020), no Museu Bordalo Pinheiro, em Lisboa.

 

SOBRE A MALHADINHA NOVA

A Herdade da Malhadinha Nova nasceu do sonho de produzir um grande vinho, o melhor vinho do mundo. Localizada em Albernoa, Beja, no coração do Baixo Alentejo, são 460 hectares com alojamento de luxo e 80 hectares de vinha, inserida entre suaves encostas num solo xistoso e drenado, respeitando e integrando o ecossistema e a biodiversidade local.

 

SOBRE A CA

A Communication Arts (CA) foi fundada em 1956 na Califórnia, Estados Unidos da América, e é a maior revista profissional para designers, diretores de arte, empresas de design, agências e todos relacionados nas áreas de comunicação visual.