0,5% do nosso IRS pode ajudar, saiba a quem

0,5% do nosso IRS pode ajudar. O mundo encontra-se a viver um período conturbado, talvez o mais conturbado da história moderna recente. Contudo, não poderemos deixar de acreditar na partilha para um Mundo mais Justo e Solidário. através de uma Educação para a Mudança. Nunca esta frase fez tanto sentido. 

Assim, queremos lembrar que já está a decorrer o período oficial de entrega da declaração de IRS, que este ano acontece de 1 de abril a 1 de junho. Pode apoiar a AIDGLOBAL com a consignação de 0,5% do seu imposto, de forma simples e gratuita. Uma associação que promove uma Educação para a Mudança. Nunca esta frase fez tanto sentido. Pretende melhorar os níveis de Literacia e de Educação, essenciais a uma Cidadania ativa, promotora de um mundo mais justo, igualitário e sustentável.

Ao preencher a declaração de IRS, basta selecionar o Quadro 11, escolher a opção “Instituições Particulares de Solidariedade Social” e inserir o NIPC da AIDGLOBAL (507 501 063). A doação não acarreta qualquer encargo para o contribuinte, dado que a percentagem do imposto é retirada ao Estado.

Outra instituição que podemos ajudar, a Associação Nossa Senhora Consoladora dos Aflitos é uma Instituição Particular de Solidariedade Social que mantém o cuidado a cegas e outras senhoras com multideficiência. Uma comunidade de Irmãs Dominicanas vive no Convento dos Cardaes, cuidando, a tempo inteiro, das 38 senhoras com deficiência contando com a ajuda de técnicas, auxiliares e de voluntárias externas para as diversas actividades. A Associação Nossa Senhora Consoladora dos Aflitos é também responsável pela administração, conservação do património e animação cultural do Convento dos Cardaes. O NIPC a inserir é 500809038.

Outra instituição que podemos ajudar com os 0,5% é a Liga Portuguesa contra o Cancro, estando assim a contribuir para o desenvolvimento de programas de educação para a saúde, diagnóstico precoce do cancro, apoio ao doente oncológico e a investigação científica em oncologia. O NIPC a inserir é 500 967 768.

Pode ainda ajudar a Liga Portuguesa dos Direitos do Animal no preenchimento do IRS, aceder a este link. 

Poderá consultar no portal das Finanças a lista das entidades que podem receber esta consignação aqui.

Curiosidade:

De acordo com a informação encontrada. embora não possa doar os seus 0,5% à União Zoófila , tem outra maneira de contribuir. Pode doar o valor de uma multa ou contra-ordenação à União Zoófila e os cães e gatos vítimas de abandono e maus tratos.

Caso o doador opte pelo donativo em vez de pagar directamente ao Estado, apenas tem de informar o tribunal da sua escolha e obter a sua concordância.

Segundo o artigo n.º 281 n.º 2, al. c) do Código de Processo Penal, pela redacção conferida pela Lei n.º 48/2007, de 29 de Agosto, com entrada em vigor a 15 de Setembro de 2007, nos processos com suspensão provisória e preenchidos os pressupostos legais com a concordância das partes podem ser impostos ao arguido a seguinte regra de conduta “Entregar ao Estado ou a instituições privadas de solidariedade social certa quantia ou efectuar prestação de serviço de interesse público”.