Vamos falar de calvície!

Vamos falar de calvície! sim, um problema para os homens que o enfrentam a dada altura da vida. E, um problema na imaginação de outros tantos. Embora, nem para todos isso aconteça,  obviamente. Muitos de nós temos a experiência da queda do cabelo e procuramos sempre uma resposta ao que se passa e como prevenir. O termo médico para este fenómeno é alopecia, caracterizada pela redução parcial ou total de cabelos, ou a ausência de pêlos em uma determinada área da pele. A calvície é geralmente mais perceptível no couro cabeludo, mas pode ocorrer em qualquer parte do corpo que haja pelos.

Existem vários tipos de calvície ocasionada por diferentes motivos. A maioria das pessoas perde entre 50 a 100 fios de cabelos por dia, o que é normal. Sempre que um fio cai, ele é substituído por outro no mesmo folículo, dando início a um novo ciclo de crescimento.

Porém, com o passar da idade, principalmente na velhice o crescimento dos cabelos tende a ser mais lento e até mesmo parar, o que resulta em calvície. Outros fatores como mudança hormonal, dieta, medicamentos, estresse, hereditariedade, cuidados impróprios com os cabelos e certas doenças podem causar a queda de cabelo.

Uma das principais causas da calvície nos homens é quando a  hormona masculina testosterona é convertido para dihidrotestosterona (DHT). Age no folículo capilar reduzindo a produção de cabelo e produzindo fios mais finos e mais fracos, contribuindo para que a produção nos folículos cesse.

A denominação deste tipo de calvície é alopecia androgenética ou calvície de padrão masculino. Não só por questões hormonais, como também a condição hereditária, contribuem para o aparecimento deste tipo de calvície, caracterizada pela queda de cabelo nas áreas frontais e na coroa do couro cabeludo.

Não sendo fácil a solução muitos recorrem hoje em dia ao transplante capilar, que poderá ser outro assunto para outro post. O que se passou connosco foi ter experimentado o tratamento da Viviscal. Que não “curou” totalmente mas definitivamente retardou a queda e fortificou o cabelo.

Este tratamento nasce depois da descoberta de um inovador complexo de proteína marinha. Nos anos 80, um cientista Escandinavo que estudava a dieta rica em peixe e proteínas dos Inuítes conseguiu isolar as moléculas chave de proteínas desta dieta. Foi a partir destas origens que o Viviscal foi criado. Desde a descoberta, o Viviscal foi experimentado e testado mundialmente. Os nossos produtos tópicos contém o exclusivo complexo AminoMar C™, conhecido por estimular o crescimento do cabelo.

Para além do shampoo, temos uma linha de suplementos para tomar todos os dias durante três meses, no final dos quais percebemos a melhoria no cabelo existente e paragem da queda. Vale a pena visitar o site da marca para perceber o tratamento e esclarecer dúvidas. Ver aqui

Para além que entregam em casa e podemos aproveitar as promoções. Sem dúvida, que é um investimento para o futuro e para a nossa aparência.