Um grito pelo Sado – Verão 2020 de Nuno Gama

Um grito contra as dragagens onde o céu se funde com o rio, num azul Sado. Para a sua coleção de primavera/verão 2020, que Nuno Gama apresenta em formato See Now Buy Now, o designer comemora os 500 anos da circum-navegação Fernão de Magalhães apelando a uma indústria mais ética, sustentável e inclusiva.

“O casaco é o meu mundo!”, afirma Nuno Gama. Podemos observar isso nas suas várias coleções e propostas. A silhueta masculina assumidamente clássica e com pormenores de hoje. No seu trabalho observamos o que é ser clássico, aceitar a história do vestuário masculino com aquilo que é o nosso quotidiano.

A intervenção na sociedade e assumpção dos valores e símbolos portugueses fazem a linha condutora do seu trabalho. O Sado e as afrontas que tem sido alvo são o grito de um português que ama esse rio azul.

Mesmo no momento fugaz do desfile é impossível não notar a qualidade dos materiais e os bons acabamentos. Esta coleção já está a venda na loja, na Rua nova da trindade dentro da opção já apresentada na edição passada da ModaLisboa, See Now Buy Now.

Mauro Lopes começou o seu percurso profissional como modelo em 2009 num desfile Nuno Gama, para ele esta coleção “apresenta história e amor pelo país, pela sua região”. Acrescenta “como um bom sadino setubalense senti-me em casa e feliz por fazer parte deste desfile especial”.

Para isso, contrasta o formal com detalhes de vestuário metropolitano, entre linhas e silhuetas próximas do corpo, com confortáveis jogos de volume, desafiando escalas de proporção da moderna vida urbana. Numa paleta de azul marinho, azul Sado e branco, usa matérias primas naturais, desde as lãs aos algodões, animadas por novas tecnologias, garantidamente em equilíbrio com o mundo.

Maison Nuno Gama
Rua Nova da Trindade, 1B
1200-301 Lisboa

Photos by Daniela Jácome Lima