Amália homenageada em edição especial

A Tissot lança o relógio Tissot Amália, uma edição especial, limitada e numerada a 1.920 peças na versão feminina e 1.920 peças na versão masculina. Um tributo a uma referência e símbolo da portugalidade, fadista de voz inconfundível, e um caso ímpar de popularidade dentro e além-fronteiras.

Conhecida como “Rainha do Fado” e uma verdadeira embaixadora de Portugal no mundo, Amália da Piedade Rodrigues nasceu em 1920 em Lisboa, na freguesia da Pena, numa família modesta originária da Beira Baixa. É no bairro de Alcântara que vive até aos 19 anos. Trabalha como aprendiz de costureira, bordadeira, operária e, com a irmã Celeste, vende fruta no cais de Alcântara, e em 1938 é escolhida para cantar o “Fado Alcântara” como solista, nos festejos dos Santos Populares, acompanhando a marcha popular do seu bairro.

Um ano depois, em 1939, estreia-se a cantar no Retiro da Severa, a mais importante casa de fados da época, e em 1942 canta pela primeira vez no estrangeiro, em Madrid, a convite do embaixador português. É o início de uma rápida ascensão a um lugar de proeminência nas artes do espetáculo mundial. Amália mudou a postura e indumentária dos fadistas, criou convenções, trouxe para o fado o vestido e xaile negros, assumiu o lugar em frente dos guitarristas, e levou o fado e a cultura portuguesa às mais solenes salas de espetáculo do mundo.

Em Portugal, a Tissot tem como estratégia o lançamento de edições especiais para homenagear a História, o Património e exemplos de excelência portuguesa. A admiração pela cultura portuguesa já foi traduzida em mais de uma dezena de edições especiais que, desde 1997, com o lançamento do Tissot Lisboa, prestam o seu tributo ao nosso País. O Tissot Amália segue esta linha e reforça os laços estreitos da marca com Portugal.
Ambas as versões, para senhora e para homem, são numeradas e limitadas a 1.920 peças, o ano de nascimento de Amália Rodrigues.

O Tissot Amália apresenta o elegante mostrador branco do modelo Carson, especialmente desenvolvido para esta edição, e que o destaca como um relógio sóbrio, clássico e intemporal.
A sua versão masculina apresenta caixa em aço de 40mm; no fundo da caixa transparente sobressai a gravação da ilustração de Amália, assim como o seu movimento automático parcialmente visível. Com caixa em aço de 30mm, a versão feminina apresenta movimento de quartzo, e fundo da caixa com gravação especial, que exibe a inscrição “Amália / 1920-2020 / Diva do Fado”.
Os dois modelos incorporam bracelete em pele preta em relevo, e são apresentados num estojo especialmente desenhado para esta edição. São acompanhados por uma guitarra de porcelana com decoração Amália, e pelo seu certificado de autenticidade.
A edição especial Tissot Amália encontra-se disponível na Loja Tissot no Colombo, nas lojas Boutique dos Relógios e agentes autorizados com um preço de venda estimada de 690 euros (versão masculina) e 390 euros (versão feminina).