Bom começo no eRallye Monte-Carlo 2019

Decorridas as duas primeiras etapas do eRallye Monte-Carlo 2019 (70 km, de um total de 235 km), a prova é liderada pelo DS 3 CROSSBACK E-TENSE nº 3 de Artur Prusak / Thierry Benchetrit. Somam apenas 380 pontos de penalização, tendo 30 pontos de avanço sobre os seus mais directos adversários, duas equipas que ocupam ex-aequo o 2º lugar.

O segundo melhor representante do DS E-TENSE TEAM é Didier Malga / Anne-Valérie Bonnel (carro nº 1), ocupando o 9º lugar, com 640 pontos de penalização, logo à frente de Frédéric Mlynarczyk / Christophe Marques (nº 8) que, com 650 pontos, fecham o top-10. O DS 3 CROSSBACK E-TENSE da dupla Alexandre Stricher / Jérémie Delran (nº 38) ocupa a 15ª posição, com 720 pontos.

Seguem-se as 3 Etapas finais que, no seu conjunto englobam sete Especiais, num total de 144 km. Três correm-se na sexta-feira, ligando Valence ao Mónaco, depois mais duas no sábado, já nas imediações do principado e as restantes duas no domingo, no Mónaco.

Recorde-se que os modelos DS já fizeram história em outras jornadas corridas em estradas monegascas. A primeira vitória da DS remonta a 1959, através dos franceses Paul Coltelloni e Pierre Alexandre, seguindo-se, em 1966, os finlandeses Pauli Toivonen e Ensio Mikander. Mais recentemente, foram Sébastien Loeb e Daniel Elena quem alcançou duas vitórias, impondo-se nas edições de 2012 e 2013 do icónico Rali de Monte-Carlo com um DS 3 WRC.

Contando com o envolvimento de 12 construtores automóveis, incluindo a DS Automobiles, este eRallye Monte-Carlo 2019 tem uma lista de inscritos composta por 45 equipas, 41 aos comandos de modelos 100% elétricos (BEV), categoria em que se insere o DS 3 CROSSBACK E-TENSE, e mais 4 em unidades a fuel cell (FCEV).
Inscrita no Campeonato FIA de Fórmula E desde a abertura da competição aos construtores automóveis, a DS Automobiles está plenamente empenhada no desenvolvimento da nova geração do desporto automóvel. A marca conquistou o título de Campeã de Fórmula E 2018/2019 com a DS TECHEETAH (Equipas) e através de Jean-Éric Vergne (Pilotos).

Paralelamente ao compromisso com a Fórmula E, a DS Automobiles está, atualmente, a abraçar este novo desafio, o eRallye Monte-Carlo, a prova mais prestigiada e popular da Taça FIA de e-Ralis, encarnando uma nova forma de promoção das novas tecnologias automóveis. Corrido com viaturas 100% elétricas, totalmente de série, o eRallye Monte-Carlo divide-se em duas classificações complementares, uma com base na regularidade das equipas em setores cronometrados e a segunda onde se avalia o consumo energético ao longo do percurso.

São quatro os DS 3 CROSSBACK E-TENSE inscritos pelo DS E-TENSE TEAM para duplas de pilotos já especialistas nesta competição, incluindo os seus três mais recentes vencedores: Didier Malga, o vencedor da Taça FIA de e-Ralis de 2018, Artur Prusak e Alexandre Stricher, vencedores da Taça FIA de Energias Alternativas em 2015 e 2016, respectivamente, e Frédéric Mlynarczyk, ele que subiu ao 3º lugar da prova em 2017 e que venceu o Troféu de França de Novas Energias 2018. Stricher venceu o eRallye Monte-Carlo de 2018, Malga fê-lo em 2017 e Prusak em 2016.