Tartan, um padrão elegante para o inverno

O Tartan ou tartã, um padrão que sempre me encantou remetendo para uma paisagem campestre e escocesa. Com um certo misticismo entre a elegância e os ares do campo. A Barbour  fundada em 1894 é reconhecida pelo seu tartan . A nova coleção de outono/inverno 2018, é apresentada com um toque moderno e contemporâneo.

Uma das peças-chave da coleção é o casaco Hagart . Este casaco encerado de estilo corta-vento é curto e vem com dois bolsos de chapa com pala e entrada lateral, que é uma característica habitual em muitos casacos da Barbour . O modelo tem um acabamento com forro em tartan preto de algodão escovado.

Os icónicos verdes e vermelhos do tartan  clássico da Barbour , introduzidos pela primeira vez em 1998, são contrastados com um novo tartan  de Merlot  num vermelho quente e um azul marinho.

A coleção inclui, ainda, peças de vestuário nas famosas cores verde azeitona e verde sálvia da Barbour . Esta mistura entre o estilo clássico e o contemporâneo, traz-nos uma coleção sofisticada e inteligente que se destacará neste inverno. As cores da coleção remetem para os tons natalícios que fazem desta linha o presente perfeito para o Natal.

A história da Barbour começou em 1894 no Market Place em South Shields. Hoje, a empresa familiar de 5ª geração permanece no Nordeste, com sede localizada em Simonside, South Shields. Apesar de produzir produtos em todo o mundo, os clássicos casacos encerados ainda são fabricados manualmente na fábrica de Simonside.