Uma nova abordagem do homem

Uma nova abordagem do homem é o centro da nova campanha da IMPETUS.

A Moda não se reduz a produtos e design. A Moda não é um mero instrumento de Marketing. É também um fenómeno sociológico e antropológico que exige ser compreendido pelas Marcas para se relacionarem com um entorno social em radical transformação.

À IMPETUS exige-se “mais”, pois os nossos produtos, imagens e discurso comunicacional, transferem à sociedade uma masculinidade despida de acessórios e cheia de simbolismos. Os detalhes estéticos duma peça de vestuário intimo; a forma do corpo; a atitude de quem a veste. Com pouco transmite-se muito sobre a masculinidade.

Estamos a chegar ao segundo decénio do novo século. As transformações sociais preconizadas chegaram. O homem adulto, com personalidade formada, numa faixa entre os 35 e os 55 anos, ou inclusive mais, considerando os homens que se mantém ativos em todas as facetas inclusive após os 60 anos, os targets para os quais a IMPETUS dirige o seu esforço criativo e o seu discurso como marca, vem absorvendo a mudança de valores e a complexa redefinição da masculinidade.

O papel da mulher, em especial dos movimentos feministas, foi fundamental na nova leitura que esse homem fez das relações de género, e dessa nova leitura derivam profundas mudanças nos valores e na forma de expressar a masculinidade à sociedade. O “êxito”, definido apenas como sucesso material e económico, perdeu significado. Hoje a independência económica é importante, mas o sucesso centra-se em conjugar esse objetivo com o de ser um bom pai, marido, filho, amigo, todos fatores de socialização imateriais, associados à capacidade de partilha e de bem-estar psicofísico.

Os valores emergentes do homem do século XXI levaram a IMPETUS a revolucionar a sua imagem de marca. Nesta nova temporada chega uma nova coleção, novos desenhos e cores, mas, sobretudo, chega a materialização do espirito contemporâneo com o qual a IMPETUS inicia uma nova etapa no seu discurso como Marca de referência no sector.

A IMPETUS distanciou-se do narcisismo e ostentação dos corpos auto esculpidos tão em voga até há pouco tempo: optamos, na nova imagem, por uma maior naturalidade e elegância. Centramo-nos na inteligência emocional dum homem que privilegia a acumulação de experiências à acumulação de posses. Um homem formal mas moderno, clássico no estilo mas nunca tradicional. E, claro, pusemos o foco numa relação de género igualitária, na qual evidenciamos a cumplicidade e a alegria de viver como interpretação de uma masculinidade plena, contemporânea e fazendo da empatia e capacidade de socialização o símbolo de um novo status.