O minimal como aposta

O minimal toma posse na nova colaboração nos modelos Chuck ‘70 e One Star. Shane Gonzales estabeleceu a sua marca de moda com sede em Los Angeles, a Midnight Studios, em 2014. Quando tinha apenas 19 anos, o designer emergente exibiu uma perspicácia incomum para misturar estilo contemporâneo com um espírito punk. Essa abordagem trouxe não só atenção imediata para a Midnight Studios, mas também definiu o nicho exclusivo da marca.

A colaboração com a marca assinala o que Gonzales considera um “momento marcante” para a Midnight Studios. O artista considera a Converse uma marca “essencial”, bem como uma marca que permite uma mistura única das influências multifacetadas do designer.

  • Os sneakers que parecem ter sido virados do avesso

À primeira vista, as sapatilhas Converse x Midnight Studios podem parecer inacabadas. As sapatilhas são invertidas para expor elementos atípicos e acentuar uma tela em cru natural, não branqueada:

  • A construção apresenta um rótulo PAXAR exposto
  • As etiquetas do material de construção aparecem no exterior em ambas as silhuetas (tradicionalmente estão dentro do interior dos sapatos)
  • O emblema icónico Chuck menos conhecido que costuma estar no interior das sapatilhas, é exposto pela primeira vez no exterior.
  • Os atacadores de ambas as sapatilhas (Chuck ’70 e One Star) são decorados com uma linguagem de modelo de produção falsa.

“Pegar nestes aspectos de design negligenciados e trazê-los para o exterior, enquanto o reposicionamento do exterior bem acabado e impresso para o interior, onde só pode ser visto fora do pé, está cravado na atitude e emoção da época”, observa Gonzales.

A coleção Converse x Midnight Chuck 70 e One Star conecta-se à paixão de Gonzales por esta história – e como ela tem influenciado a sua abordagem ao design. “Alteramos as nossas coleções do guarda roupa do dia-a-dia em peças com um novo visual e energia, expondo arestas e junções cruas para uma sensação desconstruída. Aplicar isso às nossas sapatilhas preferidas foi uma ideia meio louca”, explica Gonzales.

O artista sente que com a colaboração equilibra o modo como a Midnight Studios desenha “inspiração da cultura popular e da história da música com um sneaker intemporal que se encaixa nessa descrição”. É semelhante a um figurino perfeito para um filme que atinge todas as nuances.

Com esta colaboração a Converse continua o compromisso com o streetwear e a apoiar os indivíduos com uma identidade muito própria e única.

Os sneakers estarão à venda a partir de dia 15 de junho com um preço de 120 euros – Chuck ’70 e 110 euros – One Star, em Converse.com.