10 anos de bons vinhos em Estremoz

10 anos de bons vinhos em Estremoz! São conhecidos os atributos do vinho alentejano, oriundo uma região preferida de muitos portugueses e estrangeiros. Por isso, a celebração de 10 anos de produção é sempre sinal de alegria.

No dia 7 de Maio, a Adega Monte Branco juntou amigos, clientes e parceiros na sua adega em Estremoz, para apresentar este o vinho X. Aproveitou também este marco importante para lançar o re-styling dos rótulos da gama Alento, bem como o novo logotipo da marca, que está há catorze anos no mercado.
Madura e experiente a Adega Monte Branco traz para o mercado o “10 anos” que vem confirmar a energia e paixão consagradas no seu portfólio em permanente evolução. Luís Louro, o produtor, afirma que “este lançamento cumpre o nosso objectivo de criar vinhos de carácter marcante, capazes de exprimir com rigor todo o potencial das castas portuguesas.” Sobre a nova imagem e o re-styling da gama Alento reforça que “a Adega Monte Branco é neste momento uma marca jovem, mas experiente que evoluiu ao longo destes catorze anos. Sentimos a necessidade de criar um novo visual, sem “cortar” com o existente, mas que espelhasse a nossa maturidade e reforçasse o nosso posicionamento no mercado”.

“Especialmente criado para comemorar a décima colheita, o 10 Anos resultou de uma vindima que se adivinhava perfeita, apesar das chuvas de Setembro que deixaram muita apreensão. Este é um vinho poderoso, fresco, com uma enorme elegância e com um enorme potencial de guarda’’.

Situada em plena localidade de Estremoz cidade reconhecida pela brancura das suas casas, pelo mármore e pela vasta gastronomia, onde os vinhos assumem um especial destaque.

A Adega Monte Branco beneficia de um micro-clima típico da região. Com condições geológicas únicas, onde predominam os calcários e os xistos. Daqui resultam vinhos muito equilibrados, frescos e sobretudo elegantes.

Todo o edifício da Adega foi pensado com o foco na sustentabilidade e funcionalidade, através do uso inteligente da tecnologia e da energia. Com capacidade para produzir cerca de 300.000 litros/ ano, a adega vai além da pureza das linhas arquitectónicas.

No total de 30 hectares de vinha, a preocupação é assegurar um controlo absolutamente rigoroso desde a origem, buscando o equilíbrio perfeito entre as castas e o seu terroir. Os solos (calcário e xisto) marcam, de forma decisiva, o carácter dos vinhos da Adega Monte Branco. Solos calcários, base de uma boa produção combinam-se com manchas de xisto, terras pobres e austeras, fonte de concentração, acidez e aroma. Cada um tem a sua própria expressão e juntos complementam-se em cada vinho da marca.