Quais foram os nossos vinhos de Páscoa?

Vinhos de Páscoa? querem saber quais os que estiveram à nossa mesa? Foram dois recentes da Quinta do Pôpa que nos ofereceu a tempo de fazerem parte da ementa pascal.

‘Contos da Terra 2006’ e ‘Pôpa Black Edition 2015’: de anos e com perfis diferentes, são estes os novos tintos lançados pela duriense Quinta do Pôpa, situada em Tabuaço, numa verdadeira janela para o rio que atravessa a mais antiga região vitivinícola do mundo, e gerida pelos irmãos Stéphane e Vanessa Ferreira.

O ‘Contos da Terra tinto 2016’ respira o Douro e é um vinho versátil, jovem, fresco e de aroma frutado, para se beber diariamente. Mais elaborado, o ‘Pôpa Black Edition tinto 2015’ é um vinho de conforto, quente, que promete fazer reviver o charme das lareiras e o prazer da literatura, mas igualmente convidativo numa mesa repleta de boa gastronomia.

O ‘Contos da Terra tinto 2016’ é um vinho que junta Tinta Roriz (30%), Touriga Franca (30%), Touriga Nacional (30%) e Tinta Barroca (10%), num processo de fermentação e estágio em cubas inox. Um tinto jovem  cor vermelho rubi. É jovem e com um aroma a frutos vermelhos ligados a uma frescura atribuída pela menta. Na boca, a entrada é macia e cremosa, elegante e de tanino suave. O final é guloso e apetitoso e, por isso, versátil e extremamente gastronómico.

O ‘Pôpa Black Edition tinto 2015’ nasce de um blend de Vinhas Velhas (30%), Touriga Franca (20%), Tinta Amarela (10%) – vinificadas em lagar com pisa a pé – e Tinto Cão (10%), Tinta Roriz (30%) – vinificadas em cubas de inox. O estágio decorreu, na totalidade, em barricas usadas de carvalho francês, durante períodos de 10 a 15 meses. É um néctar de cor vermelho rubi, com um aroma limpo e intenso caracterizado, no início, pela fruta madura e um leve final tostado, marcado pelas especiarias.

No palato, denota uma entrada suave, mas volumosa. O tanino cremoso ligado a uma suave frescura persiste na boca até ao final, onde se encontra o sabor da fruta fresca, tornando este num néctar guloso, que acompanha o petisco e a conversa, mas também pratos de carne e peixes assados. Apesar do apelativo preço, é um vinho de guarda.

Uma dupla cujas colheitas do ano anterior receberam uma avaliação entusiasta por parte de Roger Voss, crítico da prestigiada revista de vinhos norte-americana Wine Enthusiast, em que ‘Pôpa Black Edition tinto 2014’ foi distinguido com 93 pontos e ‘Contos da Terra tinto 2015’ na categoria de ‘Melhor Compra’.