Usar protector solar no rosto é importante

Quando utilizamos protector solar, por vezes deixamos algumas zonas do corpo desprotegidas devido à sensação desagradável deixada por alguns produtos. O rosto, em particular, é muitas vezes negligenciado embora esteja bastante exposto ao Sol. Durante as férias muitas pessoas simplesmente utilizam o protector solar de corpo no rosto, mas no dia-a-dia não querem utilizar um produto tão gorduroso no rosto.

Contudo, a pele do rosto tem necessidades específicas em comparação com a pele do corpo, e um produto com uma textura rica pode deixar uma sensação pegajosa e oleosa no rosto. Assim, é necessário um protector solar que previna as queimaduras e o envelhecimento prematuro da pele, sem deixar uma sensação pegajosa. A NIVEA explica os factos mais importantes:

Quando comparamos a estrutura da pele do rosto e do corpo verificamos que existem mais diferenças do que poderíamos esperar. A pele do rosto é muito frágil e sensível devido à sua textura especial. Em primeiro lugar é muito mais fina do que a pele do corpo. Enquanto a epiderme do rosto tem cerca de 0.1mm de espessura, a epiderme do corpo pode chegar aos 3 mm de espessura.

Em segundo lugar, tem tendência a sofrer mais cedo de crises agudas, secura ou inclusive doenças dermatológicas, devido a factores nocivos como a poluição e os raios UV que penetram facilmente nas pequenas células da pele.A pele do rosto precisa de uma protecção ainda mais efectiva contra estas influências externas.

Além da estrutura fina da pele do rosto, a pele também contém mais poros. Estes poros são maiores e podem ficar obstruídos quando são utilizadas loções muito pesadas o que pode causar crises. As glândulas microscópicas na pele também causam uma sensação de pele gordurosa, ou seja, o nosso rosto precisa de um protector solar com uma textura leve que responda às necessidades específicas da pele do rosto.

O nosso rosto faz um treino de resistência durante todo o dia: quando rimos, quando falamos, ou mesmo quando dormimos os seus músculos movem-se conferindo-nos diferentes expressões faciais. A nossa pele fina e sensível reage ao stress com rugas ou linhas finas mais rapidamente e mais distintamente do que a pele do corpo. O nosso rosto também está exposto a influências externas como o Sol, o calor e o frio mais frequentemente do que o nosso corpo, que está coberto pela roupa. Estes factores causam o envelhecimento prematuro, que se revela nas rugas e nas alterações de pigmentação.

A pele do contorno dos olhos, do pescoço e do decote é ainda mais fina, muito sensível e a sua barreira protectora é menor, por isso, precisa de protecção especial. A nova gama NIVEA SUN UV Rosto pode ser aplicada em todas estas zonas, proporcionando uma protecção de confiança.

Negligenciar completamente a protecção solar é ainda pior do que aplicar protector solar corporal no rosto. O Sol não afecta a nossa pele apenas quando estamos de férias, mas também todos os dias de todas as estações, independentemente do local. Com a nova gama NIVEA SUN UV Rosto pode desfrutar dos raios de sol todos os dias e manter-se adequadamente protegido contra os sinais de foto envelhecimento e as queimaduras