Elegância provocante de 4 rodas

Elegância provocante é uma descrição do novo automóvel da Lexus. Após seis gerações de sucesso no segmento dos sedans de dimensão média, a nova sétima geração do Lexus ES vai trilhar um novo e mais ambicioso caminho. Há muito tempo conhecido pelo seu conforto, refinamento e indicadores de luxo, o novo ES potencia os seus principais atributos com um chassis completamente novo que permitiu criar um design exterior mais dinâmico e prestações de condução ainda melhores.

É mais uma expressão da direção de design e do empenho da Lexus na criação de veículos que proporcionam mais entusiasmo, ligação emocional e paixão, ajudando a levar a visão da marca até um público mais vasto. Os clientes anteriores irão achar o novo ES mais espaçoso, mais silencioso e seguro do que nunca, enquanto a nova geração de clientes vai conhecer um sedan com desempenho melhorado, tecnologia de segurança líder na sua classe e um nível de execução pouco comum neste segmento de mercado.

A sétima geração de ES será a primeira a ser lançada nos mercados da Europa Ocidental. Segue- se o novo sedan de topo de gama LS e o coupé LC para projetar um novo capítulo no design na Lexus, definido por uma muito mais intensa qualidade emocional. O estilo atraente, permitido pelo recurso da totalmente nova plataforma Arquitetura Global – K (GA-K) terá um apelo especial para os clientes desta região, que também irão apreciar a sua condução mais envolvente e reservas de segurança ainda maiores. À venda a partir de dezembro de 2018, a gama em Portugal será eletrificada por um novo sistema com híbrido que não necessita de carregamento externo designado Lexus Self-Charging Hybrid. O Lexus ES 300h.

A Lexus alcançou perto de 75 000 vendas na Europa em 2017, o seu mais elevado volume de sempre, constituindo o quarto ano consecutivo de crescimento. O novo sedan ES será um modelo nuclear na sua gama, contribuindo para a ambição da Lexus de atingir 100 000 vendas anuais na Europa em 2020.

O novo ES foi construído sobre a nova plataforma Arquitetura Global – K (GA-K), que deu à Lexus a oportunidade de explorar os limites do design deste luxoso sedan de dimensão média. O carro é mais comprido (+65 mm), mais baixo (-5 mm) e mais largo (+45 mm) do que o seu antecessor. A maior distância entre-eixos (+50 mm) permitiu que as rodas tivessem sido mais chegadas às extremidades do veículo, com vias dianteira e traseira maiores (+10 e +37 mm, respetivamente). A sua aparência geral e proporções refletem as suas prestações melhoradas e conferem ao ES o tipo de apelo sedutor que fará com que proprietários e admiradores não resistem a olhá-lo uma segunda vez.

Yasuo Kajino, chefe de design do ES, descreve o novo visual do carro como “uma elegância provocante”.

“O ES sempre foi um elegante sedan de luxo. Para esta geração, acrescentámos arrojados elementos de design que desafiam as expetativas dos nossos clientes tradicionais”, explicou Kajino.

A nova plataforma GA-K permitiu definir uma linha de capot mais baixa, o que deu à equipa de Kajino a liberdade de produzir uma silhueta distinta com uma forte inclinação para baixo, criando uma forma dinâmica mas fluida. Na frente, o rosto do ES muda radicalmente consoante as versões. No modelo de entrada temos umas elegantes barras verticais que se projectam a partir do centro da emblemática grelha fusiforme Lexus, enquanto as versões F SPORT – disponíveis pela primeira vez na gama ES – adotam um padrão cruzado negro que combina com secções recortadas na frente do carro.