Sushi no Porto

Na nossa visita ao Porto, fomos gentilmente convidados a provar o novo restaurante de sushi situado junto à praia do Molhe, na Foz do Porto. O restaurante Novo Molhe possui com uma vista privilegiada para o mar. Abriu no dia 24 de Setembro e desde então tem criado uma clientela, que já se tornou habitual, e conquistado novos a cada dia. A afluência de turistas tem sido grande, principalmente por parte de franceses e nórdicos. 

No mesmo espaço convivem três conceitos: sushi, tapas e gelados artesanais.  É um local único, ideal para juntar à mesma mesa comensais de sushi e de comida portuguesa.

Aqui é possível degustar uns lombinhos de novilho recheados com queijo da Serra, envoltos em bacon e com redução de vinho tinto e natas e um ceviche de salmão e dourada por exemplo. Para sobremesa, aconselhamos a tarte de lima cujo travo se faz sentir de forma subtil e que casa muito bem com o merengue. A delícia de chocolate desfaz-se na boca, de tão fresca e suave que é. 

A carta dos gelados é uma tentação: 24 sabores, dos quais quatro são sem adição de açúcar. Feitos artesanalmente, estes gelados de fruta contêm pequenos pedaços de ananás, por exemplo. Fresco não só por ser gelado, mas sobretudo pela fruta. Ideal para quem é diabético, como referem alguns clientes.

Diariamente, oferecem menus de almoço, tanto de tapas como de sushi.  Às terças-feiras ao jantar podemos encontrar o MENU DO MOLHE, que inclui um crepe, um temaki Filadélfia, 14 peças de sushi e de sashimi, uma bebida e um café. Este menu tem o custo de 16,80€.

Como se pode ver nas imagens seguintes, tivemos uma experiência maravilhosa com um sashimi muito bem cortado, um peixe muito fresco e saboroso e muitos rolos cheios de surpresas. De verdade, podemos usufruir num espaço simples e acolhedor um dos melhores sushi já provados pelo The Gentleman’s Mail. Um espaço a não esquecer no Porto.

Devido à sua localização privilegiada, o Novo Molhe é o local ideal para pais com filhos pequenos e, ao mesmo tempo, para quem queira ler um livro sossegado, por exemplo, com o mar e a areia como única vista, longe do bulício da avenida, que fica mesmo acima.

O restaurante tem esplanada com capacidade para 150 pessoas e no interior temos capacidade para 100 pessoas. Se o tempo convida a estar no interior do restaurante, a vista de mar não se perde, graças às janelas amplas. Alia-se, assim, o conforto e o desfrutar da paisagem.