Um topo de gama que se inventou

É possível que nenhum automóvel tenha alterado a sua categoria tão decisivamente quanto o primeiro Lexus LS quando lançou a marca de luxo há 28 anos. O LS 400 de 1990 era diruptivo e luxuoso ganhando o reconhecimento dos clientes, surpreendendo e estabelecendo novos níveis de conforto, desempenho, suavidade, refinamento, qualidade e atenção ao detalhe.

A par da apresentação do modelo inovador, a marca estabeleceu e mantem novos padrões de satisfação e atendimento ao cliente.

Hoje, em estreia mundial no Salão Internacional do Automóvel da América do Norte (NAIAS), a Lexus repete o lançamento do modelo disruptivo com a quinta geração do seu sedan topo de gama, o Lexus LS. Dentro e fora, o novo LS reflecte uma nova abordagem ao luxo com uma identidade nipónica forte e única.

No entanto, o LS foi projetado para ser o mais recente cidadão global da marca, disponível em cerca de 90 países.

O LS simbolizará não só a marca Lexus, mas também se tornará o carro de luxo de nova geração que incorpora a tradição e a cultura japonesas”, refere Toshio Asahi, engenheiro-chefe do novo LS. “Como tal, este pináculo global deve ir muito além do que o mundo espera de um carro de luxo.”

Mais longo e mais baixo do que a geração anterior, o novo LS estreia um impressionante e arrojado design, com uma silhueta coupé dominada pela nova linguagem de design da Lexus. Uma nova sensação de desempenho centrada no condutor origina da nova arquitectura global de luxo da Lexus (GA-L).

Esta plataforma premium de tração traseira, uma versão alongada da usada para o deslumbrante coupé Lexus LC 500, oferecerá uma experiência mais dinâmica na estrada, enquanto aumenta ainda mais o conforto.

O Lexus LS original antecipou os gostos dos clientes de luxo, ao invés de simplesmente amplificar o que era oferecido pelas marcas de automóveis de luxo na altura. Nesse espírito, o espaçoso habitáculo do novo LS, os detalhes únicos e a tecnologia visionária, prometem mais uma vez surpreender os clientes, redefinindo as expectativas para um topo de gama global.

Estabelecemos alvos inéditos sendo resolutamente levados para estas metas ambiciosas,” refere o coordenador principal do LS, Toshio Asahi. “Os clientes que vão querer o topo de gama da Lexus já são rodeados de luxo numa base diária, indivíduos com uma visão apurada para a autenticidade. Não iriamos virar as suas cabeças com um produto premium convencional.”

Assim como o LS original lançou a marca Lexus, o novo LS de 2018, continua a direção mais dinâmica da marca. Cada geração do LS até agora revelada incrementaram o luxo, refinamento, desempenho e segurança da sua própria maneira, com a mais recente geração a adicionar um design muito mais emocional e desempenho envolvente de estrada.

Para criar o novo LS, a Lexus começou com uma folha branca, ao re-imaginar o que um topo de gama deve ser, como se lançasse a marca novamente. O objectivo não era melhorar o que a Lexus criou no passado, mas superar as expectativas dos clientes de luxo de todo mundo.

O DNA que atravessa todos os modelos LS permanece: Omotenashi  é o conceito de hospitalidade japonesa que aplicado a um automóvel de luxo significa cuidar do condutor e dos passageiros, antecipar as suas necessidades atendendo ao seu conforto e ajudando a protegê-los dos perigos.