Elegância Equestre no Vimeiro

O desporto equestre e a prática do mesmo é, sem dúvida, uma actividade onde a elegância tanto de cavalo como cavaleiro é posta à prova. Um desporto que marca uma cultura gentleman através dos tempos com ligações aos cavaleiros cuja código de honra os mantinha num serviço a todos ou mesmo só pelo “desporto” de exercitar união entre cavalo e cavaleiro. Um desporto certamente ligado à nobreza de alma e de títulos.

Por isso, quando o Gentleman’s Journal foi convidado a assistir ao XXXIII Concurso de Saltos Internacional do Vimeiro, foi com agrado que aceitamos. É reconhecida o conteúdo de brio e garbo do ambiente que reveste este deporto e as suas provas.

Todos os cavaleiros (homens e mulheres) enchem-se  de airosidade com os seus cavalos para mostrarem as suas capacidades e destreza. Podemos falar melhor do terceiro dia (em que estivemos a tempo inteiro) onde 7 nacionalidades competiram  e os cavaleiros portugueses se consagraram vencedores nas seis provas.

A manhã iniciou na pista Clássica com a prova SF Feeding, Nacional – Cavalos Novos 5 anos, Tabela A, com obstáculos colocados a 1.20m. Bruno Pereirinha, às redeas de Felinda, e António Frutuoso de Melo, na montada Garfio GP Z, ficaram na primeira posição, ex-equo, sem penalizações registadas.

A prova A Bola TV, Cavalos Novos 6 anos, Tabela A ao cronómetro, obstáculos a 1,25m, levou à competição 9 conjuntos de três nacionalidades. Luís Sabino Gonçalves e Twix v Overis Z retornaram ao lugar mais alto do pódio depois de um percurso exemplar terminado em 68.26’. O único representante do Brasil, Felipe Guinato, na montada Vuduciel un Prince, assegurou o segundo lugar num percurso, sem penalizações, completado em 74.53’. Pela segunda vez no dia, António Frutuoso de Melo integrou os lugares cimeiros – na montada Juvent van de Kakebeek alcançou a terceira posição ao efetuar o percurso em 82.08’ sem registo de faltas. Os cinco primeiros lugares da prova ficaram completos com Bernardo Moura e Francisco Charola.

A prova Record, Nacional, Duas fases ao cronómetro – Tabela A, obstáculos a 1,05m, consagrou um pódio exclusivamente feminino. O binómio Sofia Allen Laranjeira e Laguna I foi o primeiro classificado pelos velozes 33.74’ e nenhuma penalização, nas duas fases. Ana Teresa Fonseca e Equador conseguiram o segundo lugar, em 38.27’, e Bruna Napoles e Violino o terceiro, em 38.71’. Ambos sem faltas registadas nas duas fases.

Os nove primeiros lugares da prova Rádio Renascença, Tabela A ao cronómetro, obstáculos a 1.25m, foram assegurados por representações lusas. O conjunto António Portela Carneiro e Umea de Blondel fizeram a sua estreia do dia ao ganharem uma prova, concluída em 59.00’ sem faltas registadas. Seguidos de Rui Gonçalo e Uriel de Baguim, em 59.89’, e Francisco Fleming e Rabane de l’Abbaye, em 61.81’, com zero penalizações ambos, completaram as três primeiras posições.

35 conjuntos participaram na prova Vimeiro Clube Aventura, Nacional, Duas fases ao cronómetro – Tabela A, altura dos obstáculos a 1.15m, que terminou com sete amazonas nos dez lugares cimeiros. O binómio Luísa Horta Osório e Quopahu da Meia Lua dominou o percurso com tempos auspiciosos de 56.10’ e 24.41’, sem faltas. Eduardo Moniz da Maia, às redeas de Canaris 35, terminou a prova nos tempos de 59.76’ e 25.19’, sem faltas, garantindo o segundo lugar. A terceira posição foi atribuída ao binómio Carlota Clérigo e Quibble 4 pelos percursos completos em 62.62’ e 26.34’, sem faltas cometidas.

O dia terminou com 47 conjuntos a disputarem a prova Sicasal, Tabela A ao cronómetro com barrage, 1.35m, dos quais apenas 12 saíram apurados para a barrage. Portugal, Espanha e França deram o seu melhor para alcançarem o pódio, mas foram os lusos que alcançaram os seis primeiros lugares, fazendo tocar a Portuguesa perante as bancadas cheias de público. Nuno Tiago Gomes ao comando de Baccarat concluiu a sua exibição com uns incríveis 40.24’. No segundo lugar da classificação ficou o cavaleiro Duarte Seabra com Curra Quin com 40.47’, que também se calssificou em sexto com Zarthago. Francisco Fleming completou o pódio luso com Firestone em 41.07’.

De 16 a 19 de Julho realizou-se o XXXIII Concurso de Saltos Internacional – CSI 2*, no Centro Hípico no Ô Hotel Golf Mar.

Na próxima semana, de 23 a 26 de Julho, terá lugar o XXXIV Concurso de Saltos Internacional – CSI 2*. A temporada encerrará em Setembro com o XXXIV Concurso de Saltos Nacional – CSN A, a decorrer entre os dias 3 e 6 de Setembro.

Fotografias Nuno Pragana©

P.S. A nossa viagem até ao Vimeiro só foi possível com o empréstimo de um automóvel da Seat Portugal no modelo Seat Leon.

SeatLeon