Vinhos portugueses concerteza, e bons

Por ocasião dos vários prémios recebidos pelos seus produtos, a marca Contemporal convidou o Gentleman’s Journal a apreciar um almoço acompanhado de vários dos seus vinhos.

Sem dúvida, que a grande descoberta foram o Contemporal Alvarinho que acompanhou as ostras de entrada; uma textura e um odor muito bons, e o Contemporal Branco Douro que fez par com o prato de peixe. Dois exemplares de altíssimo paladar.

Foi uma boa surpresa conhecer de perto e no sabor, algumas das ofertas que o Continente possui nos seus vinhos: com uma gama de Vinhos que satisfaz todos os sentidos e os júris mais exigentes, a gama Contemporal é reconhecida mundialmente com 37 medalhas ganhas em 2014, comprovando assim, a sua elegância, requinte e qualidade.

Os Vinhos Contemporal são de uma qualidade transversal a várias regiões, colocando à disposição dos clientes o que de melhor se produz. São, de facto, bem representativos dos melhores vinhos que se fazem em Portugal, partilhando entre eles os valores de qualidade, variedade, credibilidade, diferenciação, regionalidade e exclusividade.

A nível internacional destacam-se:

  • Vinalies International – Prata para o Vinho Branco Contemporal Península de Setúbal 2013 e para o Vinho Branco Contemporal Selection Jaime Quendera Península de Setúbal 2012;
  • Mundusvini – Ouro para Porto Contemporal 10 anos;
  • Wine Masters Challenge – Prata para o Vinho Branco Contemporal Selection Jaime Quendera Península Setúbal 2012;
  • International Wine Challenge – Recomendação para o Vinho Branco Contemporal Selection Jaime Quendera Península Setúbal 2012 e para o Vinho Verde Branco Contemporal 2013, para o Vinho Branco Contemporal Alentejo 2013 e para o Vinho Tinto Contemporal Alentejo 2013;
  • Concurso Mundial de Bruxelas – Prata para o Vinho Verde Branco Contemporal Alvarinho 2013;
  • International Wine & Spirits Competition – Prata para o Vinho Branco Contemporal Selection Jaime Quendera Península Setúbal 2012, Bronze para o Vinho Verde Branco Contemporal Alvarinho 2013 e para o Vinho Tinto Contemporal Reserva Douro 2012, e Prata Excelência para o Vinho Branco Contemporal Regional Alentejano 2012;
  • Prodexpo – Ouro para o Vinho Branco Contemporal Península de Setúbal 2012 e para o Vinho Tinto Contemporal Península de Setúbal 2011;
  • China Wine & Spirit Awards – Ouro para Vinho Tinto Contemporal Península de Setúbal 2011, Prata para o Vinho Tinto Contemporal Selection Jaime Quendera Península Setúbal 2011, Bronze para o Vinho Branco Contemporal Península de Setúbal 2013 e para o Vinho Branco Contemporal Selection Jaime Quendera Península Setúbal 2012.

A nível nacional:

  • Concurso Uva D’Ouro – Reconhecidos como os melhores da região, os Vinhos Branco Contemporal Península de Setúbal 2013, Vinho Branco Contemporal Selection Jaime Quendera 2012 Regional Península de Setúbal, Vinho Verde Contemporal Doc 2013, Vinho Verde Contemporal Alvarinho Doc 2013 e Vinho Verde Contemporal Loureiro 2013 e distinguidos com Excelência, os Vinhos Verde Branco Contemporal Doc Douro 2013 e Vinho Tinto Contemporal Selection Jaime Quendera 2011 Regional Península de Setúbal;
  • CVR Península de Setúbal – Ouro para o Vinho Branco Contemporal Selection Jaime Quendera 2012 Regional Península de Setúbal e para o Vinho Tinto Contemporal Selection Jaime Quendera 2011 Regional Península de Setúbal;
  • Concurso de Vinhos de Portugal – Prata para o Vinho Tinto Contemporal Selection Jaime Quendera 2011 Regional Península de Setúbal, Vinho Verde Branco Contemporal Alvarinho Doc 2013 e para o Porto Contemporal 20 anos.

Contemporal é uma marca que tem vindo a oferecer os melhores vinhos de cada região, sempre com a preocupação de proporcionar a melhor qualidade a preços Continente.

 

É altura de celebrar e conhecer estes néctares disponíveis em todas as garrafeiras das lojas Continente e na Feira de Vinhos Continente, onde se encontra a melhor seleção dos vinhos portugueses.