Cores de Inverno – Verde

Continuamos a tratar da cor no vestuário masculino, que de modo particular em Portugal, é um tabu. Como sempre nestes assuntos de aparência e cuidado, por vezes temos de vencer alguns mitos; mistura de cores, a escolha entre dia e noite para os looks ou mesmo o estilo de peças em certas ocasiões. Como por exemplo; usar sempre cores escuras como o preto ou o cinza quando vamos sair à noite ou numa ocasião mais nocturna. Neste caso, a regra não é má mas não inteiramente verdade. Existem muitas possibilidades e opções com outras cores para outfits de noite ou de jantar. Mesmo em smokings. Mas, o melhor é seguir a regra do que nos faz sentir melhor e mais confortável sem perder o sentido do evento. Keep it simple.

Verde

O verde continua presente nas propostas deste inverno e é, uma cor, que não sendo demasiado marcante em vários tons, pode ser uma mais valia em peças exteriores ou em detalhes como um bowtie ou laço (como podemos ver no look Carolina Herrera). As várias tonalidades de verde ou mesmo o camuflado verde conjugadas com tons terra ou azuis resultam num look equilibrado e que pode marcar a diferença. Uma regra é nunca misturar tons demasiado brilhantes ou mesmo contrastantes. Encontramos o verde sempre presente nas peças de inspiração militar e que ajudam qualquer look casual a ter harmonia e elegância.

Nunca misturar azul e verde. Esta regra foi nos transmitida porque parecia errada a conjugação das duas cores; de facto, é uma questão de cuidado somente na tentativa de juntar um azul mais escuro e um verde mais claro ou vice-versa. Na conjunção de tonalidades diferentes pode estar o ganho. Por exemplo misturar um azul navy com um verde mais claro. (Dielmar, Diesel, Element, Gant,Hackett, Hermes, Mango, Dielmar e Carolina Herrera)

JC-FOTO_16-1102
F3S_MG_9751
F3S_MG_9751
F3S_MG_9751
F3S_MG_9751F3S_MG_9751F3S_MG_9751F3S_MG_9751