Schiap Shock – homenagem a Elsa Schiaparelli no MUDE

SCHIAP-SHOCK_26

Elsa Schiaparelli (1890-1973) ou Schiap, como gostava de ser chamada, nasceu em Roma. Uniu a moda à arte, colaborando com artistas como Jean Cocteau, Francis Picabia, Man Ray e Salvador Dali. Nas suas criações de inspiração surrealista, o humor e a fantasia surgem aliados ao vestuário sofisticado e à alta-costura. Schiaparelli foi pioneira: introduziu o uso dos calções no vestuário feminino; utilizou zips visíveis na alta-costura, até então confinados à roupa interior; promoveu desfiles; criou perfumes comercializados em embalagens que eram verdadeiras obras de arte; aliou o belo ao bizarro; tornou icónico o rosa shocking e o trompe l’oeil.

Na década de 1950, devido à austeridade do pós-guerra, encerrou a sua casa parisiense. O seu trabalho permanece ainda hoje como visionário e extremamente singular. Em 2012, o nome de Schiaparelli voltou a ser falado: após mais de cinquenta anos do encerramento da sua casa, foi anunciada a reabertura da maison Schiaparelli pela mão do empresário italiano Diego Della Valle, que pretende apresentar a marca com toda a sua modernidade e sofisticação; o The Metropolitan Museum of Art, em Nova Iorque, apresentou a mais badalada exposição do ano, Schiaparelli and Prada: Impossible Conversations, que colocava em diálogo (imaginário) as duas designers italianas de diferentes gerações – Elsa Schiaparelli e Miuccia Prada.

O designer francês Christian Lacroix (Arles, 1951), eleito para desenhar a primeira colecção de alta-costura da renovada maison Schiaparelli, partilha com a criadora italiana o sentido de humor e a ousadia. Sobre este desafio, Lacroix afirmou: “Elsa é uma esfinge sagrada que nunca cessará de nos fazer questionar as coisas, oferecendo-nos puzzles à laia de respostas. O meu desejo é restabelecer o seu nome na moda através do palco em que ela seduziu o mundo”.

Para evocar o relançamento da marca Schiaparelli, o MUDE quis dar a conhecer ao público o núcleo de peças da autoria da designer italiana que integram o seu espólio.

Entrada livre até final de Outubro de 2013

MUDE Museu do Design e da Moda – rua augusta 24