Gentlemen’s Talks – Nuno Teixeira

FOTO RICARDO OLIVEIRA (73)

A Montblanc apoia a UNICEF desde 2004. Porque o compromisso cultural é parte integrante da filosofia da marca, a Montblanc quer ter um papel activo na promoção internacional dos valores da educação e culturais. Com uma herança fortemente enraizada na cultura da escrita, a Montblanc partilha o compromisso da UNICEF que visa garantir que todas as crianças tenham acesso a uma educação adequada, para que aprendam a ler e a escrever.

No âmbito do projecto lançado este ano, “Signature for Good“, conversámos o Brand Manager da marca em Portugal.

1 – O ADN da Montblanc está marcado pela vontade em cooperar com a difusão da cultura, esta parceria com a UNICEF em 2013 é sinal disso? Porque já colabora com esta instituição desde 2004.

A marca tem claramente dado apoio desde sempre à difusão da cultura, seja por projectos com jovens inspiradores e simbolo de cultura seja em acções deste tipo. Mas, neste caso, mais que apoiar a cultura é apoiar a educação. A base de toda a cultura, se nao temos os principios basicos (ler, escrever etc) não teremos acesso à cultura. Assim, falamos também em criar condiçoes para que possam ir à escola. Não podemos olvidar que 61 milhoes de crianças ainda estão sem acesso à escola e educação. Este projecto servirá também para criar infra estruturas de acesso, condições de apoio logístico como água potável ou até condições de saude.

2 – Ao promover os valores da educação e cultura juntamente com a UNICEF, a Montblanc acaba por promover uma cultura e um ideal de elegância que não é somente estética. Afinal, a elegância não é uma virtude somente externa?

Não é de todo uma virtude exterior. A questão fundamental é termos utilizado a peça identificativa da marca a Meisterstück, ou seja utilizamos a nossa estética para dar corpo a um projecto maior. Fomos buscar o nosso melhor e demos um toque para dar consistencia social ao projecto.

3 – Para uma marca de luxo e lifestyle, a responsabilidade social (com acções concretas) é um sinal de maturidade da mesma?

De certa forma, é um sinal de grande envolvimento com o cliente e admirador da marca, sua história e peças. Não podemos esquecer que a relação estabelecida entre a Montblanc e o seu público é algo que permanece durante anos. É sinal de uma marca que está muito atenta ao seu público letrado. E, assim, está atento ao que a marca faz como responsabilidade social. Saltar somente do lado comercial para projectos de responsabilidade social é uma marca de maturidade. A marca acaba por sentir o apoio do núcleo dos clientes que acompanham estes projectos sociais.