Resoluções de Primavera…quase a chegar

ojman

A postos para receber a Primavera e tempos de mais calor, propomos algumas resoluções de mudança de estação. São cinco resoluções e sugestões fáceis de cumprir e que permitem uma renovação da aparência.

1 – Investir em bons sapatos é uma aposta de futuro. Comprar calçado de qualidade e de bons materiais não é gastar dinheiro mas sim investir numa relação duradoura. Cada vez mais o look de cada homem é determinado pelo seu calçado. Pode estar tudo perfeito e dentro do seu estilo mas uns sapatos de má qualidade arruinam todo o conjunto. Para não falar de sapatos mal cuidados.

2 – Evitar o look pseudo-descontraído que acaba por dar uma aparência desleixada:t-shirts com demasiado estampados, camisas largas ou jeans disformes. Guardar as havaianas para a praia e evitar os corsários. De certa forma evitar um visual muito adolescente para apostar em peças intemporais. Estas não têm de ser peças somente clássicas, podem ser sem dúvida casual ou desportivas mas nunca darão o ar relaxado a um homem.

3 – Estar atento às tendências sem acabar por ser seu escravo. É importante estar atento e mais aberto ás propostas dos criadores e das marcas para não ficarmos na monotonia dum estilo acomodado. Tentar encontrar um ponto médio entre o meu estilo e as tendências de cada estação pode ser uma mais valia para o cuidado pessoal.

4- Não descurar o cuidado pessoal nos mais pequenos pormenores. Um cabelo bem cortado, uma barba cuidada juntamente com uma preocupação com produtos de higiene ou beleza masculina são alguns pontos essenciais. Encontrar produtos que nos ajudem a cuidar da pele facial e corporal mantendo-a saudável e limpa. Estes são pontos importantes para o aspecto de um homem nos nossos dias.

5- Fomentar uma consciência mais “ética”  e ecológica nas compras que fizermos. Dentro do possível encontrar peças em materiais orgânicos ou que não sejam prejudiciais ao ambiente. Muitas marcas começam a lançar colecções ou peças especiais já a pensar no menor impacto no meio ambiente. Fazer opções na altura de comprar pode passar por perceber onde foi produzido o artigo e em que condições. Isto desemvolve uma consciência social da parte do próprio comprador.