O presunto ibérico em celebração

A cidade de Jerez de los Caballeros em Palencia converte-se, entre os dias 3 e 6 de maio, na capital ibérica espanhola com a celebração de sua 29ª edição do Salão do Presunto Ibérico.

Um encontro que reunirá os principais produtores, processadores e distribuidores deste produto de excelente qualidade e que esta manhã foi apresentado no Real Palácio Hotel em Lisboa, num acto que contou com a presença da presidente da Câmara Municipal de Jerez de los Caballeros, Virgínia Borrallo, e da directora do INFEJE (Instituto de Feiras de Jerez de los Caballeros), Elena Macarro, juntamente com o responsável do Turismo do Conselho  Provincial de Badajoz, Lorenzo Molina.

Aproveitando as excelentes relações entre Extremadura espanhola e Portugal, a organização escolheu a capital portuguesa para levar o evento ao país vizinho e assim fortalecer a projecção internacional do mesmo.

A este respeito, a alcaide de Jerez de los Caballeros, Virgínia Borrallo, declarou que “a localização desta região espanhola, tão perto de Portugal, tem tudo para cativar os portugueses, sendo um convite constante para a descoberta do seu património gastronómico, onde o presunto ibérico tem um lugar de destaque, para além de tantos testemunhos religiosos e históricos que se encontram a cada passo, assim como a sua beleza paisagística.”

Nesta edição juntar-se-ão, mais uma vez, industriais do sector  que partilham o objectivo de oferecer a um mercado em crescimento um produto selecto da mais alta qualidade, como o presunto ibérico. Virginia Borrallo, presidente da Câmara de Jerez de los Caballeros, afirmaria ainda durante a apresentação que “este evento é a resposta à maturidade e aos novos desafios para o futuro, levando em conta que a sociedade actual exige experiências e exclusividade”.   

Entre as actividades que marcarão a celebração do XXIX Salão do Presunto Ibérico, a directora do INFEJE (Instituto de Feiras de Jerez de los Caballeros), Elena Macarro, destacou o desenvolvimento de Missões e encontros comerciais na quinta-feira 3 de Maio.

Também a realização de jornadas técnicas, no dia seguinte, 4 de maio, que incluirá: palestras, comunicações e apresentações sobre o sector do porco ibérico, a sua situação actual, potencialidades, novidades tecnológicas e comerciais, possibilidades de turismo e inovação gastronómica,  estando estes dias abertos à participação de agricultores, industriais e profissionais ligados ao sector, em geral.

El Salón, que espera atingir os cerca de 30,000 visitantes, superando edições anteriores, oferece um programa completo de actividades entre as quais se destacam os já tradicionais prémios Jamón de Oro (melhor produto) e o Concurso de cortadores de presunto ibérico de bolota, além de cozinha ao vivo a cargo da Escola de Hotelaria e Agroturismo da Extremadura, na sexta-feira, 4 de maio, o festival taurino no sábado, 5 de maio, às 18h30, na Praça de Touros de Jerez de los Caballeros e um concerto a cargo do grupo ‘Liverpool’, no mesmo dia, às 10 da noite, no recinto da feira.

O responsável do Turismo do Conselho Provincial de Badajoz, Lorenzo Molina, declarou durante a apresentação em Lisboa que não é a distancia entre Lisboa e a Extremadura espanhola que é importante, mas sim o tempo que se leva para ir de um lado ao outro, e esse é muito curto, quando falamos em ir à região de Espanha que tem a maior costa de água interior, tornando-a uma região verde e destino privilegiado para o contacto directo com as mais diversas actividades ao ar livre, com um património cultural, humano, paisagístico e gastronómico de eleição”.