No Place Like Home

A IKEA Portugal uniu-se ao Museu Coleção Berardo para a mais recente exposição “No Place Like Home”, que retrata a vida em casa através da arte e abre ao público a partir de hoje, 28 de fevereiro, permanecendo até 3 de junho, no Museu Coleção Berardo no Centro Cultural de Belém, em Lisboa.

Através de obras de arte, “No Place Like Home” cria uma quase-casa dentro do Museu, explorando o que acontece quando os objectos transformados regressam ao seu lugar natural.

Marta Cunha, designer de interiores da IKEA Portugal, explica que “A exposição No Place Like Home fala-nos sobre a vida em casa numa visão artística. Na IKEA trabalhamos diariamente para levar o design à casa da maioria das pessoas, através de soluções de mobiliário e decoração que conjugam o aspecto estético, mas devem também responder com funcionalidade, qualidade e sustentabilidade, a um preço acessível. São perspectivas complementares, que fazem com que esta parceria faça todo o sentido!”.

Organizada em parceria com o Museu de Israel, Jerusalém e Museu Coleção Berardo, a exposição da curadoria de Adina Kamien–Kazhdan inclui trabalhos de artistas como Marcel Duchamp, Man Ray, Claes Oldenburg e Andy Warhol, Louise Bourgeois, Mona Hatoum, Yayoi Kusama e Alina Szapocznikow, que desencadeiam novos pensamentos e perspetivas sobre a vida em casa e o familiar.

Até junho, os membros da IKEA FAMILY têm a oportunidade de receber um bilhete, na compra do primeiro, ao apresentar o seu cartão na bilheteira do Museu.

A exposição “No Place Like Home” surge no âmbito da comemoração do centenário da Fonte de Marcel Duchamp, considerada a sua obra mais icónica e um marco na história de arte do século XX.