Vintage ao nosso alcance

A galeria de arte e decoração, P55, organiza, já a partir do próximo dia 27, uma feira de verão de artigos Vintage, do Norte do país. Irá decorrer na loja física da marca, em Matosinhos, bem como na loja online, até ao dia 2 de Agosto.

A aposta em artigos Vintage, por parte da P55, tem vindo a crescer devido aos pedidos do público e ao enorme sucesso que tem tido em Portugal. A galeria tem vindo a desenvolver o conceito de Vintage por ter percebido rapidamente que este tema não se refere apenas a objectos velhos e estragados, estando perante peças raras de design, exclusivas e de luxo, como é o caso das “cadeiras de safari”, de Kaare Klint, ou dos “candeeiros obelisco”, de Michael Graves, presenças assíduas entre o espólio de artistas da galeria.  Aliás, é bastante frequente na P55, estar em contacto com peças de designers conceituados do século XX, em segunda mão, cujas obras se integram na perfeição numa decoração moderna, e que são vendidas aos melhores preços do mercado.

E é pelo facto de a moda ser cíclica que o Vintage tem vindo a ganhar cada vez mais força no mundo da decoração. Para Aníbal Faria, CEO da P55, “Era fulcral acompanhar esta tendência e trazer estes artigos para o público português. Havia uma necessidade emergente e o facto de conseguirmos reunir, nesta acção, ainda mais peças do que o normal, deixa-nos muito satisfeitos. Não existe nenhuma outra galeria no nosso país que venda peças de autor aos nossos preços e com a nossa garantia de autenticidade.”- Na P55 é sempre disponibilizada ao cliente toda a informação sobre os artigos à venda, bem como a certificação de todas as obras de arte disponíveis.

A Feira Vintage arranca com mais de cem peças disponíveis e terá artigos que se enquadram, na perfeição, no termo “Vintage” que, por definição, significa “Produto antigo, clássico e de excelente qualidade”.