As regras foram feitas para se quebrarem…

…Mas em bom! Saber as regras é meio caminho para as reintrepretar  no contexto concreto, não para as desrespeitar mas sim criativamente dar um novo ar ao que foi convencionado.

Parece interessante mas nunca olhamos as convenções como sinal de uma tradição com sabedoria mas só como regras impostas; mas o caminho da criatividade tem sempre em conta o que já foi percorrido.

Anda no boca do mundo o actor Eddie Redmayne e não só pelo seu talento inegável mas pela sua audácia em quebrar as regras do menswear. Principalmente em questões de eventos de red carpet; tendo em conta o dresscode restrito de black tie.

Porém, mesmo aqui não há falta de respeito pelo dresscode mas, sim, uma releitura que não deixa de o tornar elegante. Sempre em fato completo com gravata ou laço, aparece em cores e padrões diferentes como podemos ver nas imagens.

Este falatório despoletou na ante-estreia da The Danish Girl quando usou um fato carmim Valentino “quebrando” a tradição do black tie. Mas, conseguiu dar uma lição a muito actor internacional e nacional, as regras existem e são desafios para uma originalidade que não é desrespeito!