Dielmar SS 2016

Sem dúvida que para os apreciadores de moda masculina portuguesa, um dos pontos altos do Portugal Fashion é a apresentação da colecção DIELMAR. A moda masculina na produção e criatividade lusas ainda está a tentar marcar terreno embora seja sobejamente conhecida a sua qualidade.

Para a estação primavera-verão 2016 a passarelle é marcada por duas grandes tendências: A tendência “happy”, em oposição às tendências “austeras” provocadas pela crise económica, assume-se como uma história que descreve um estado de espírito utópico e alegre, onde se revelam detalhes ocultos sob um exterior enganosamente simples. A segunda tendência resulta de uma mistura cultural forte, com um toque pop e que se inclina para uma versão mais decorativa, sendo, contudo, também aparentemente minimalista.

A cor evoluiu e ganhou importância para a moda masculina, tornando-se fundamental para um mercado que coloca muito ênfase em conceitos básicos actualizados. As paletas dominantes colocam um foco renovado sobre o desporto contemporâneo (com referências nos Jogos Olímpicos do Brasil) e revelam uma abundância de clássicos de luxo. Azuis mar são apresentados numa selecção vibrante de tons médios e os vermelhos “bubblegum” e rosados desempenham um papel essencial, enquanto tons mais recentes de amarelo injetam uma dose de novidade energética para a primavera. Os tons castanhos açucarados emergem como os novos neutros em coordenação com apontamentos de laranja não tradicionais na moda masculina. Em tonalidades muito subtis, o cinzento é um neutro chave actualizado para a alfaiataria na próxima primavera/ verão.

A silhueta apresenta linhas naturais e que acompanham as formas do corpo. Desestruturada e de ombros descontraídos em casacos sem forro e sem ombreiras com destaque para as matérias-primas naturais em versões 100% lã e 100% linho e para as misturas de lã/seda/linho e lã/algodão/seda.

Na área mais “sartorial” o enfâse é dado aos fatos slimfit em construção semi-tradicional e em composições de excelência como as lãs super 130 ́s e super 150 ́s. A atenção dedicada aos detalhes e aos pormenores subtilmente trabalhados nas aberturas, nas golas e nos interiores dos casacos, conferem um toque de arrojo e modernidade.

Photos by Claudia Ribeiro